Chuveiro salgado

Ensaios à corrosão na câmara de pulverização de sal

A neve e a geada transparente transformam a condução em um inferno deslizante no inverno. Apesar da colocação de sal nas estradas as torna mais seguras, esse processo é prejudicial para o ambiente e para as peças metálicas do carro. O sal ataca o metal, provocando bolhas de ar na pintura e, finalmente, levando ao descascamento e à corrosão. A resistência de um material à corrosão pode ser testada em processos de testes padronizados, por exemplo, numa câmara de pulverização de sal.

Os testes de pulverização de sal são comuns na indústria automobilística e são a forma mais utilizada para testar pinturas e outros revestimentos. Porém, os componentes na tecnologia de automação também devem passar no teste. No campo da tecnologia, a corrosão é uma reação eletroquímica do material metálico e do meio. Esta reação pode prejudicar as propriedades do material e a função do componente.

Ferrugem não é tudo igual

Quase todos os materiais acabam enferrujados. O resultado da corrosão mais conhecido é o vermelho-ferrugem. Ele é formado a partir de ferro ou aço pela oxidação em ambientes úmidos. O branco-ferrugem é o resultado da corrosão do zinco.

A Festo testa novos revestimentos na câmara de pulverização de sal

A empresa testa, entre outros, as superfícies dos componentes e os novos tipos de revestimentos na câmara de pulverização de sal. As peças ficam suspensas por ganchos estreitos e são pulverizadas durante diversos dias com um pulverizador salino. Ele é muito mais salgado do que a maresia, isso reproduz uma exposição correspondente a anos de uso em ambientes úmidos e salgados, em uma faixa de tempo muito curta. Os especialistas em materiais avaliam, então, a corrosão.

Diferentes classes de resistência à corrosão

Como os componentes da Festo são expostos a condições ambientais muito diferentes, severas ou leves, dependendo da aplicação, existem diferentes classes de resistência à corrosão. Por exemplo, as peças utilizadas nas estações de tratamento de esgoto devem cumprir com as normas da classe 3 de resistência à corrosão (a segunda mais alta). Ou seja, não ocorre corrosão durante cinco dias na câmara de pulverização de sal. Para alcançar a classe 4 de resistência à corrosão, os componentes devem resistir à corrosão durante dez dias.

Existem diversas maneiras seguras de proteger os componentes: os revestimentos metálicos, por exemplo feitos de zinco, protegem as peças em aço. Outro exemplo são os revestimentos inorgânicos, como as tintas úmidas e as tintas em pó.

Visão geral