Conhecimento básico e especializado

Produtos Festo para a indústria alimentícia e de embalagens

 

Cilindro CDN, Clean Design


Resumo das condições gerais

As três áreas

A norma europeia DIN EN 1672-2 "Exigências de higiene para máquinas de produção de alimentos" definiu três zonas de equipamentos - zona de alimentos, zona de respingos e zona de não alimentos.

A Festo oferece amplo know-how, consultoria e os produtos corretos para suas aplicações nas três áreas.

Área de alimentos

A área de alimentos inclui todas as peças do sistema e componentes que entram em contato com o alimento, ou seja, o componente está localizado diretamente no fluxo do alimento ou o alimento entra em contato com o componente e depois retorna ao fluxo de produção. Essas peças que entram em contato com o o produto devem ser laváveis e desinfetáveis. Devem também ser resistentes à corrosão, atóxicas, não absorventes, lisas, contínuas ou vedadas para que partículas do alimento não fiquem presas em nenhum cano. Elas são difíceis de remover e representam um risco de contaminação. Além disso, é preciso utilizar lubrificantes próprios para a indústria alimentícia. Essas exigências também são relevantes para peças do produto que são removidas para limpeza.

 

Área de respingos

Peças e componentes de máquina entram com contato com o alimento na área de respingos. No entanto, esse alimento não retorna ao fluxo do produto. A área de respingos deve ser planejada e projetada seguindo os mesmos critérios da área de alimentos - meso que o produto não possa retornar ao processo do alimento. A implementação técnica baseia-se frequentemente em critérios menos rigorosos, desde que isso não tenha um efeito negativo sobre a qualidade do processo de produção.

 

Área de não alimentos

Os componentes não entram em contato com o alimento. No entanto, os componentes utilizados na área de não alimentos e as peças do sistema devem ser feitos de materiais resistentes à corrosão e serem laváveis e desinfetáveis. Caso contrário, uma fonte de infecção poderia se desenvolver a longo prazo.